Como incluir o HANDFASTING em seu casamento.

Bem, antes de falarmos em como incluir o handfasting no seu casamento vamos falar um pouquinho sobre o que é um handfasting.

De forma bem sucinta, mas bem sucinta mesmo, é um antigo costume utilizado em celebrações de união celtas. Ele possuía algumas peculiaridades que iam muito além do que amarrar as mãos. Originalmente os casais realizavam o ritual como uma união experimental e depois de um ano e um dia formalizavam definitivamente a união ou partiam os cordões e cada um seguiria seu destino.

As sociedades mudaram e atualmente este rito é utilizado de forma mais literal onde geralmente antes dos votos o celebrante unirá as mãos do casal através dos cordões que geralmente são 1,3, 6 ou 9 dependendo muito da tradição simbolizando a conexão e a devoção entre o casal. Pode ser amarrada a mãe esquerda do noivo à mão direita da noiva, o casal pode ficar de frente um ao outro, entrelaçarem as mãos formando o símbolo do infinito ou de outra forma que o celebrante orientar.

Dessa forma, unidos em handfasting o casal faz os votos um ao outro se comprometendo a estarem sempre juntos e unidos como estão naquele momento. Após isso, os noivos puxam seus braços de maneira que se desvencilham dos cordões e estes formam um laço com o símbolo do infinito.

Lembrando que cada sacerdote ou celebrante tem sua forma de realizar o rito. Nós estamos prontos para realizar a cerimônia de handfasting em seu casamento desde o rito simbólico com o amarrar das mãos inserido durante a cerimônia tradicional até o rito de handfasting celta ou wiccaniano.

Se vocês também se apaixonaram por esta simbologia tão bonita recomendo a leitura do romance “Gift from the Sea” de  ANNE MORROW LINDBERGH, onde exploram este lindo ritual.

Nos vemos em breve!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *